Amado amante


Há apenas uma palavra para definir meu sentimento agora, saudade. Saudade de tudo. Daquele país desconhecido, das pessoas, das cores, do cheiro das comidas, do idioma engraçado e, principalmente de você.
Tudo  aconteceu  tão rápido. A forma em que fomos apresentados. O constrangimento passageiro.  Foi tudo muito bom, sua voz, seus olhos, seu jeito todo certinho de ser. Parecia que nos conhecíamos a anos, (acho que nossa química é maravilhosa). 
Obrigada por ter me feito sentir especial.  Pelas  risadas, pelas tardes de passeio, pelas conversas noites a fio, por compartilhar seus desejos comigo, por tudo e nada. Por me levar as nuvens e me trazer de volta.
Obrigada pela noite, pelo abraço, pelo seu cheiro, seu jeito nerd, seu carinho.
Obrigada por ter cuidado de mim, escutado meus lamentos, meus sonhos. E, pelas palavras de amor que não foram ditas.
Obrigada por sua atenção para comigo, por se tornar meu amante. Meu amigo.
Agora que voltamos a “realidade”, lhe peço apenas para lembrar, de tudo, dos momentos bons e talvez dos ruins, da minha cara de idiota  por ter falado alguma besteira e principalmente lembrar do quanto a sua presença em minha vida fez diferença.
Hoje não passamos de dois desconhecidos que se conhecem muito bem.




0 comentários:

Postar um comentário