Amor e Guerra


Não uso as minhas máscaras só para ser legal. Eu as visto para esconder as minhas lágrimas de você. Por trás da fumaça o meu olho está tão vermelho. Tenho mentido para você e para mim. Meu coração vai para o inferno e volta.
Sinto-me perdida no meio desta tempestade. Ajo como se eu realmente não me importasse. Nem sempre digo o que se passa em minha mente tempestuosa. Não consigo me encontrar no meio da multidão. Nem mesmo quando estamos juntas. O que está aqui dentro sinto medo de demonstrar. É como se o mundo inteiro estivesse caindo sobre mim. Tento fazer tudo “certo”. Mas está não sou eu. Não posso negar quem eu sou. Estou cansada disso tudo. De todos os julgamentos desta sociedade que se acha certa. No direito de julgar-me a todo instante.
Eu quero poder andar de mãos dadas ao seu lado na rua, lhe abraçar, beijar e dizer que lhe amo. Quero sair por ai para tomar apenas um sorvete em uma praça qualquer ao seu lado. Sem que as pessoas nos olhem atravessadas. Quero ter filhos com você. Construir uma família. Ser parte desta sociedade. Quero nada e ao mesmo tempo quero tudo. Quero apenas ser quem eu sou. Com você ao meu lado. Sem pré-julgamentos. Sem lágrimas no fim do dia. Sem medos. Quero apenas ser quem eu sou.

0 comentários:

Postar um comentário