Saudade


       (...) Guardo você em pedacinhos pequenos. Tenho suas últimas mensagens salvas no celular, para ler toda vez que a falta aperta de verdade. Mandei revelar as fotos em que nós parecíamos mais felizes, para lembrar que um dia tudo foi mesmo mais fácil (e para ter a esperança de que um dia vai voltar a ser). Montei um cd inteirinho com as músicas que você gravou para mim. Eu preciso lembrar da sua voz de vez em quando, para ter certeza de que não estou ficando louca, imaginando alguém que não existiu (...)

       Li esta trecho em um texto em algum blog por ai e ele me fez pensar no quanto a saudade nos destrói e ao mesmo tempo nos dá uma enorme esperança, um sentimento de que tudo vai dar certo e que uma hora, um dia, mesmo que demore anos e anos o que esperamos irá acontecer. E, por mais que em alguns momentos possamos ter alguns pensamentos meio obscuros no fim das contas eles nos fazem criar mais expectativas, ter mais vontade de correr atrás dos nossos desejos e por em prática todas as idéias malucas que passarem pela nossa cabeça. 

0 comentários:

Postar um comentário