Um texto pra você



Resolvi então colocar o som da nossa música. Ao som de Ana Carolina eu só conseguia me lembrar de todos os momentos em que vivemos juntos. Como o tempo passou rápido, não é. Parece que foi ontem que você me viu passar com uma amiga na pacata praça da cidadezinha de onde morávamos.
Você estava sempre por lá, ficava conversando, cantando, ao andando de skate com os seus amigos até que  em uma noite qualquer eu passei por lá. Foi tudo tão rápido desde aquela noite, tínhamos amigos em comum, mas não sabíamos. Até que você foi apresentado a namorada do seu amigo que no fim era aquela menina que estava comigo naquela noite em que me viu passar. Curioso não, como pode o destino pregar tantas peças, eu morava naquela cidade já fazia uns anos e até então nós ainda não tínhamos se nós esbarrado.
Você gostava da cor do meu cabelo, e eu, da maneira como você olhava pra ele. E assim, sem pressa ou maldade, nós fomos nos conhecendo. Você com essa mania de implicância, e eu com a minha de querer sempre cuidar de todos. Acho que de tanto querer  cuidar de todo mundo, você acabou se tornando o meu bichinho de estimação.
Foi uma maneira tão silenciosa que, antes mesmo que eu pudesse admitir você percebeu. Mas era tarde demais. E eu soube disso quando li a sua mensagem fofa com um final escrito te amo. Você não precisava dizer mais nada. Entre lutar ou perder ou simplesmente esquecer, eu escolhi tentar. Deixei pistas para que você seguisse até que chegasse no caminho do meu coração. Sozinha, te observava de longe, para não atrapalhar. Quando fechei meus olhos, sua boca estava na minha. Aquele beijo em outubro mudou tudo.
É estranho, mais não consigo me lembrar claramente como eu era antes de você. Me assusta pensar que eu já não me reconheço mais. Foram tantas coisas que você me ajudou a passar, a mudar, a refletir e a ter mais atitude. Percebe o quanto isso é assustador pra mim? Por isso minhas lágrimas, meu silêncio repentino e meus pedidos de abraço apertado.




Sempre achei que estar apaixonado por alguém fosse como um daqueles remédios que o médico nos receita para amenizar algo que estamos sentindo. Só que na realidade não é assim que funciona. Sei lá. É tudo tão novo e surpreendente pra mim, que não sei mais o que pensar, ou se sei estão em constantes mudanças. Em épocas como essa em que estamos vivendo, com finais felizes que só duram uma noite, eu me sinto especial por ter você.










                                                                                                    


Monique Cordeiro
     

0 comentários:

Postar um comentário