O que realmente importa



A moda, o que a define, será o jeito que a sociedade nos impõe ou como nós nos sentimos bem. Pois é, vejo todos os dias as pessoas, mas precisamente mulheres, se importando mais com o que as pessoas  vão pensar sobre a sua vestimenta, com a marca da roupa e com os preços. Onde está aquela inocência de que você tem que vestir uma roupa para se sentir bem e não por estereótipos que a suposta sociedade nos dita.
Penso que o principal conceito da moda é exatamente esse, as marcas de grifes não são tão importantes como pensamos, servem mais para aquelas patricinhas que não tem um conceito criado por ela e segue a dita moda dessas grifes.
Andar bem arrumado e elegante não significa gastar todo o salário que você se esforçou tanto para conseguir. Não vale a pena estar com roupas lindas e sem dinheiro no bolso, não concordam.
Ainda temos muito que aprender, pensamos na época em que as donas de casa faziam as suas tarefas domésticas maquiadas de vestidos bonitos e simples ao mesmo tempo e com saltos não muito altos. Elas faziam isso para serem aceitas na sociedade e para mostrar que nós mulheres não somos feitas para ficar só no fogão. Mais, o que isso tem a ver com a moda? Tudo, elas ensinam a lutar pelos direitos de uma forma pacifica e as vestimentas são o principal instrumento dessa guerra, digamos assim.
Então ai fica o meu conselho, pare de pensar com o que a sociedade, as pessoas vão pensar  sobre você e o jeito como se veste e siga mais vezes o seu coração.



















0 comentários:

Postar um comentário