Amar sem amor



Ele se foi e agora o que farei, meus sonhos se foram juntamente com ele, sem chão ficarei por muitos meses, ou até talvez, anos.
Jura de amor me fez por muitos anos, mais agora sei que elas eram apenas mais uma grande ilusão da minha mente  e possivelmente da dele também, mas esse fato nunca saberei certamente.
Tomo em meus sonhos meus desejos escondidos, uma ilusão do meu subconsciente de que um dia mesmo na incerteza de ter tanta certeza que aquele amor que me fazia tão bem, me inspirava, fazia me perder entre os váles escondidos de seu coração, bem lá no fundo , há uma vontade de que ele volte correndo para mim me fazendo as suas juras de amor e me dizendo que foi tudo uma ilusão da sua mente perturbada. Mas, com  a bagunça que está o meu coração, não saberia dizer-lhe a tal resposta, pois,  com o coração ferido repleto de saudade, mágoa, e  resquícios de  amor, talvez  no momento responderia que sim, mas daqui a uns três dias iria me arrepender, pois sei que amor não é apenas juras de amor, é mais complexo.
É cumplicidade, companheirismo, frio na barriga, medo de perder um ao outro e acima de tudo amor é respeito.  E, nós não tínhamos se quer a metade desses sentimentos, apenas nos amávamos feitos dois adolescentes que achavam que amor era um simples  gostar.  Estávamos apenas enganando a nós mesmos e ferindo os nossos corações a cada dia mais.
Confesso, seria bom ter ele aqui novamente ao meu lado me dizendo-me  as ilusões que gostava de ouvir, mais calma, ainda não estou ficando louca completamente, não saberia fazer tal gesto comigo mesmo, seria viver um chamado “Masoquismo psicológico”;  e não é isso que eu quero para minha mente e muito menos para  o meu coração.
Então, só me resta a certeza de que um dia saberei reconhecer meu verdadeiro amor, um amor que me fará perder o chão, me deixará com frio na barriga, me fará juras de amor que terei a certeza que são verdadeiras e que é aquele homem que eu quero para construir os meus sonhos, compartilhar dos mesmos desejos , meus segredos. Um homem que me ensinará a ver a vida de uma forma mais bonita, mais simples, mas que também brigará comigo quando houver necessidade, enfim,  um homem que me ensinará a apenas viver esse tão falado amor.











Monique Cordeiro

0 comentários:

Postar um comentário