Moda e sabor se misturam na 12º Paraná Criando Moda




Será ao ritmo da Tarantella que os participantes da 12ª edição do Concurso Paraná Criando Moda irão desenvolver suas criações. Com o tema “Itália à moda da casa” o concurso traz para a moda a comemoração do “Ano da Itália no Brasil”, uma parceria entre o governo dos dois países para aproximar as relações econômico-comerciais, tecnológicas, científicas, cultural e educacional de ambos. 
 
Este ano, o Concurso traz uma grande novidade que irá beneficiar todas as instituições de ensino. Nesta edição, as instituições irão selecionar os trabalhos dos estudantes e enviarão apenas dois projetos para se inscrever. Destes dois, pelo menos um estará na final do evento, isto é, toda a instituição que se inscrever, dentro dos parâmetros atribuídos pelo regulamento, estará representada no desfile final do evento. “Queremos envolver mais as instituições na realização do Paraná Criando Moda, já que o evento tem o objetivo de divulgar os talentos que eles estão moldando”, afirmou Cristiane Medeiros, empresária e membro da Comissão Organizadora do Concurso. Podem participar do evento escolas, faculdades e universidade paranaenses, de nível técnico, graduação e pós-graduação que ministram cursos nas áreas de moda, design e confecção. “Estas entidades terão uma grande responsabilidades já que serão eles que irão escolher os trabalhos que irão representá-los”, completou Rosângela Corrêa, gerente do Sindvest e membro da Comissão Organizadora do Concurso. 
 
As inscrições e entrega dos projetos devem ser realizados no dia 3 de setembro, no Sindvest durante o horário das 8 às 12h e das 13h30 às 17h. 
 
O regulamento e a ficha de inscrição podem ser encontrados no site oficial do evento (paranacriandomoda.com.br) e no blog do concurso, (paranacriandomoda.blogspot.com.br). Os finalistas serão divulgados no dia 11 de setembro nos sites citados. 
 
O concurso é realizado pelo Sindvest e tem os objetivos de divulgar os novos talentos da moda paranaense e mostrar o Paraná como polo produtor de moda. “Nossa meta é criar uma integração entre a indústria e as instituições de ensino e o evento é uma ferramenta para mostrar para os empresários a importância de ter profissionais qualificados dentro das indústrias. Precisamos valorizar as pratas da casa e incentivar os funcionários para que se motivem a buscar a excelência em suas atividades”, ressaltou Cassio Almeida, empresário e presidente do Sindvest. 
 
O evento conta com o apoio da FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), do Sesi, Senai, da CNI (Confederação Nacional da Indústria), do Sebrae, do O Diário de Maringá, do Bureau Senai Maringá, do Centro Tecnológico de Maringá, do APL (Arranjo Produtivo Local) da Confecção Cianorte/Maringá, do Projeto Extensão Industrial Exportadora (Peiex), e do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

0 comentários:

Postar um comentário